segunda-feira, 6 de junho de 2016

Quer ter funcionários motivados? Passe um bom tempo com eles

Pesquisa da Leadership IQ mostra que empregados que ficam em contato com seus chefes por seis horas semanais são mais inspirados, engajados e inovadores

Luísa Melo, na Revista Exame
Motivação no trabalho
Motivação: quem passa 6 horas semanais com o chefe é 15% mais motivado
São Paulo -  O segredo para ter funcionários satisfeitos e dedicados pode ser a quantidade de tempo que os líderes ficam em contato com eles. É o que aponta uma pesquisa da consultoria norte-americana Leadership IQ
estudo ouviu mais de 32.000 executivos, gerentes e empregados nos Estados Unidos e Canadá e descobriu que trabalhadores que passam uma média de seis horas semanais junto de seus chefes diretos têm um desempenho muito melhor do que aqueles que mantém o vínculo por apenas uma hora por semana. 
Eles são 29% mais inspirados, 30% mais engajados, 16% mais inovadores e 15% mais motivados do que os colegas. 
O nível de inspiração dos pesquisados foi medido pelo número daqueles que disseram que fazer parte da companhia em que estão empregados os ispira a dar o melhor de si. O engajamento, foi mensurado pela quantidade de respondentes que afirmaram que recomendariam a sua empresa como um ótimo lugar para se trabalhar. 
Já para medir a inovação, foi levado em conta o número de funcioários que disse que tinham novas ideias a cada semana para ajudar a organização a melhorar. 
De acordo com a pesquisa, a maioria das pessoas passa três horas semanais (ou menos) com seus chefes imediatos e 20% gastam apenas uma hora por semana com esse tipo de interação. 
Qualidade da interação
A pesquisa revela também que o tempo de contato interfere na sua qualidade. Entre os líderes que passam somente uma hora com seus empregados por semana, 33% do tempo é gasto em e-mails e 42% em conversas diretas.
Já entre aqueles que interagem com suas equipes por seis horas, 48% do tempo é despendido no contato direto e apenas 27% em e-mails. 
Tempo demais
Ao contrário do que se poderia imaginar, líderes que passam muitas horas semanais em contato direto com seus funcionários não conseguem um resultado positivo. 
Segundo descobriu o estudo, quando o tempo de interação é superior a seis horas, o nível de inspiração, motivação e engajamento dos empregados se mantém o mesmo, ou cai. 
A única exceção é para o quesito inovação, que apresenta picos entre 11 e 15 e acima de 20 horas de contato por semana.
________________________

Clique na capa do livro para saber mais.



Para saber mais, clique na figura

Dramaturgo, o autor transferiu para seus contos literários toda a criatividade, intensidade e dramaticidade intrínsecas à arte teatral. 

São vinte contos retratando temáticas históricas e contemporâneas que, permeando nosso imaginário e dia a dia, impactam a alma humana em sua inesgotável aspiração por guarida, conforto e respostas. 

Os contos: 
1. Tiradentes, o mazombo 
2. Nossa Senhora e seu dia de cão 
3. Sobre o olhar angelical – o dia em que Fidel fuzilou Guevara 
4. O lugar de coração partido 
5. O santo sudário 
6. Quando o homem engole a lua 
7. Anos de intensa dor e martírio 
8. Toshiko Shinai, a bela samurai nos quilombos do cerrado brasileiro 
9. O desterro, a conquista 
10. Como se repudia o asco 
11. O ladrão de sonhos alheios 
12. A máquina de moer carne 
13. O santuário dos skinheads 
14. A sorte lançada 
15. O mensageiro do diabo 
16. Michelle ou a Bomba F 
17. A dor que nem os espíritos suportam 
18. O estupro 
19. A hora 
20. As camas de cimento nu 

___________


Para saber mais, clique na capa do livro

________________

AS OBRAS DO AUTOR QUE O LEITOR ENCONTRA NAS LIVRARIAS amazon.com.br: 

A – LIVROS INFANTO-JUVENIS: 

I – Coleção Educação, Teatro e Folclore (peças teatrais infanto-juvenis): 

II – Coleção Infantil (peças teatrais infanto-juvenis): 
Livro 8. Como é bom ser diferente 

III – Coleção Educação, Teatro e Democracia (peças teatrais infanto-juvenis): 

IV – Coleção Educação, Teatro e História (peças teatrais juvenis): 

V – Coleção Teatro Greco-romano (peças teatrais infanto-juvenis): 

B - TEORIA TEATRAL, DRAMATURGIA E OUTROS
VI – ThM-Theater Movement: